Seminario Novos Gestores 2017 - 2020

Ponto de partida
Para uma Gestão
de qualidade

CNM - Confederação Nacional de Municípios Imprima seu certificado
?>

Prefeitos do Nordeste visitam a nova sede da CNM pela primeira vez

11 de novembro de 2016

10112016_VisitaNovaSede_NovosGestoresA nova casa do municipalismo nacional recebeu na noite desta quinta-feira, 10 de novembro, os prefeitos eleitos e reeleitos da região Nordeste que participam do Seminário Novos Gestores em Brasília (DF). A comitiva foi convidada a conhecer a nova sede da Conferação Nacional de Municípios (CNM), um imponente prédio de 12 mil metros quadrados, construído ao lado da Esplanada dos Ministérios e dos principais órgãos públicos federais como o Congresso Nacional, a Presidência da República e o Supremo Tribunal Federal.

Ao chegarem, os prefeitos foram recepcionados no auditório com música típica do Nordeste. O prefeito de Jardim do Seridó (RN), José Amazam Silva, tocava sanfona e cantava versos sobre a dura realidade dos Municípios da região, como a seca, segurança e educação. Logo após, o prefeito de Tabira (PE), Sebastião Dias, recitou poemas que falavam do Nordeste como um todo. Ao fim, os dois se juntaram e improvisaram um recital de poesia musicada, que entusiasmou e arrancou aplausos de todos no recinto.
10112016_VisitaoNovaSede_NovosGestores
Posteriormente, todos assistiram dois vídeos: o primeiro documentou todas as fases da construção da nova sede, desde a concepção até a finalização da obra. O segundo detalhou toda a infraestrutura que será oferecida aos munícipes, como a sala do prefeito, para reuniões e encontros, biblioteca com vasto acervo, museu do municipalismo, restaurante entre outras áreas que estarão à disposição.

Considerações iniciais
O primeiro discurso de boas vindas aos prefeitos foi do Tesoureiro da CNM, Hugo Lembeck. “Essa é a casa do municipalismo brasileiro, eu diria, a embaixada. E ela é de vocês prefeitos e prefeitas. Aqui estão os sonhos, a perseverança e o trabalho em defesa dos Municípios”. Em seguida a palavra foi passada ao 1º Secretário da CNM, Eduardo Tabosa, que falou do sentimento comum a todos ali: a emoção. “Nordestino é cabra macho, que luta contra adversidades como a seca e os problemas sociais. Mas é emotivo, e não tem como não se emocionar vendo a magnitude desta obra, idealizada por Paulo Ziulkoski.”

Dando continuidade, o 2º Secretário da CNM, Marcelo Beltrão, falou sobre a importância da nova sede para o movimento municipalista. “Conseguimos com muito esforço, trabalho e dedicação realizar esse sonho de construir a nova sede da Confederação. Isso aqui é um legado e a importância vocês prefeitos vão ver ao longo dos seus mandatos. Vocês têm uma casa aqui em Brasília”. Finalizando as considerações iniciais, o prefeito de Afogados do Ingazeira (PE), José Patriota, lembrou seu inicio no movimento municipalista e seus primeiros contatos com o presidente da CNM, Paulo Ziulkoski. “Logo no início percebi a representatividade, o compromisso e a luta desta entidade em defesa dos Municípios. Vi que a CNM não faz pelos prefeitos, e sim, pelos brasileiros. Aqui conheci Paulo Ziulkoski, um homem incorruptível, que não abre mão de nossas bandeiras e da defesa das pautas municipalistas. Não sei se classifico a nova sede como casa, palácio ou Q.G., mas tenho certeza que aqui bate o coração do municipalismo brasileiro.”

Palavras do presidente
Ao assumir a palavra, emocionado por tudo o que ouviu e acompanhado por sua esposa, Tânia Ziulkoski, o presidente Paulo Ziulkoski agradeceu a presença de todos no Seminário Novos Gestores e naquela ocasião da visita à nova sede da Confederação. Ele fez questão de compartilhar as homenagens com Dalva Christofoletti, uma das fundadoras da CNM, que estava presente naquele momento. “Compartilho tudo o que ouvi com Dalva Christofoletti, amiga e uma das fundadoras da CNM. Quero lembrar também dos prefeitos de gestões passadas, que tanto fizeram pelos seus Municípios.”

10112016_PauloZiulkoski_NovosGestores
O presidente falou de suas origens no Município de Mariana Pimentel (RS). Lembrou seu início no movimento municipalista em 1995, na Federação das Associações de Municípios do RS (Famurs), onde também trabalhou pela construção da sede da entidade, que foi concretizada. A
Marcha à Brasília em Defesa dos Municípios também foi citada pelo gestor, que explicou a importância do tradicional evento anual promovido pela CNM.

O presidente lembrou que hoje são 5 mil Municípios filiados à Confederação, dos 5.568 no país. Ele espera que os ainda não filiados o façam, “pois a união de todos é que fará a força do movimento em defesa das pautas municipalistas”, disse. Ele finalizou fazendo suas considerações à nova sede. “Aqui nós vamos construir o grande conteúdo para o municipalismo. Garanto que isso não se transformará em um elefante-branco e estarei fiscalizando de perto os trabalhos.” Ao fim dos discursos, os prefeitos foram convidados a assinar um painel e a participarem de um coffee-break.

Impressões
O prefeito de Juazeiro do Piauí (PI), José Rocha, disse o que achou da nova sede. “Excelente, o espaço é adequado, muito bonito e bem estruturado. Nós prefeitos estamos de parabéns, superou as minhas expectativas”. Everton Batista, prefeito de Água Branca (PB), seguiu o mesmo raciocínio. “Estou maravilhado com tudo o que vi. O presidente Paulo é um exemplo de pessoa, de pai de família e muito nos representa. O caminho para a boa gestão dos Municípios é este que a CNM está nos mostrando.”

Notícias

Mais Notícias